O Maestro

Maestro Tanus

Ainda Jovem decidiu que a musica seria o seu maior objetivo, sendo assim, se preparou e estudou para o seu  Grande desafio que era trabalhar no Theatro Municipal de SP.   

Toda semana viajava ao Rio de Janeiro para ter aulas com Iberê Gomes Grosso, um dos principais Violoncelistas do Brasil, Iberê era sobrinho de Carlos Gomes; Muitas das aulas do Maestro Tanus foram presenciadas por Vinicius de Moraes e Tom Jobim, que eram muito amigos de Iberê.

Em homenagem a Seu Professor, o Maestro Tanus dá o nome de Iberê a Seu segundo filho, (Iberê é o nome de um índio da ópera de Carlos Gomes  “O GUARANI” tema musical do programa de radio do governo Nacional “A Hora do Brasil”).

Complementou o seus estudos na funarte – Usp (Eca) e por concurso adentrou para o Theatro Municipal com Louvor em Primeiro lugar, Uma curiosidade: na época a língua oficial dentro do Theatro Municipal era o Italiano.

Após alguns anos foi musico fundador da Filarmônica de São Paulo e Primeiro Violoncelista na OSESP no ano 1.772.

35 anos de Theatro Municipal!

Em seus 35 anos no Theatro Municipal experiências fantásticas foram descobertas no mundo da musica, o Maestro Tanus teve como mentores inúmeros Maestros como Eleazar de Carvalho, Diogo Pacheco, Isaac karabtchevsky, Júlio Medaglia entre outros …

Também fez acompanhamento para diversos Músicos e Cantores de renome mundial como o Tenor José Carreras, o Maestro e Pianista João Carlos Martins, entre outros…

As Gravações de inúmeros Artistas Nacionais tem o som do Violoncello do Maestro Tanus, entre eles Roberto Carlos, Tom Jobim, Elis Regina, Milton Nascimento, etc…

Em uma certa data de Agosto de 1.973 o Maestro foi surpreendido com a visita do Jovem Casal Ivone e Jaime, que iriam se casar e procuravam músicos de Primeira Linha para executar a musica no Cerimonia deles, assim surgiu o Coral Tanus e esta história continua a ser escrita…  (leia mais na História do Coral).

Agende agora mesmo e tenha a tradição do Coral Tanus no seu evento!